FROLLAZIN® + FARINHA NACIONAL = A MELHOR MASSA DE PIZZA - Zini Alimentos

A PIZZA NO BRASIL 

Todos sabem que a pizza é o tipo de alimento mais consumido no mundo. 

Todos conhecem (mais ou menos) a história deste produto tipicamente italiano. Sabem do seu nascimento em volta de Napoli, do casamento com os tomates e da famosa pizza Margherita.

O Brasil se tornou, graças a imigração italiana e também ao fato que o famoso Francesco Matarazzo trouxe muitos napolitanos para trabalhar consigo nas suas inúmeras indústrias, o 3º maior país do mundo em consumo de pizza.

Dizem que só em São Paulo, na noite de cada sábado, são consumidas mais de 2 milhões de pizzas.

Ainda se pode observar que no Brasil a pizza é considerada prato só para jantar, sendo ainda marginal sua utilização no almoço.

Porém, já existem algumas redes de pizzarias, que produzem e comercializam exclusivamente pizza 24h/dia.

AS FARINHAS PARA PIZZA 

A maioria dos moinhos de trigo brasileiros já tem desenvolvido tipos de farinha projetadas para obter bons resultados no preparo das pizzas. Não cabe neste trabalho mencionar nomes ou tipos.

Paralelamente tiveram grande sucesso. Farinhas importadas de moinhos italianos (que também não podemos citar por questão de isonomia) que realmente agregam à massa da pizza uma maciez e crocância que as colocam em nível superior.

Sempre lembrando que no conceito de qualidade italiana o que mais conta na avaliação da pizza é a textura e a maciez da massa.

Porque, historicamente, pizza é um tipo de pão bem cozido que leva acima (“ncoppa” na linguagem napolitana) os ingredientes que a caracterizam.

Quase significando que a base é tão ou até mais importante que os caros ingredientes da parte de cima.

Único defeito reconhecido às farinhas italianas é seu custo. Que torna as pizzas com farinhas importadas disponíveis só para aquelas estruturas de pizzaria mais sofisticadas, atendendo um público exigente e disposto a pagar mais caro.

O que, também do ponto de vista histórico, é meio contraditório porque a pizza faz parte daquelas especialidades originadas na Itália com o objetivo de atender um consumidor popular: a chamada CUCINA POVERA ITALIANA.

O USO DO FROLLAZIN® NAS PIZZAS BRASILEIRAS 

A própria cantina PIAZZA ZINI, em São Paulo, tem utilizado, durante alguns anos, as farinhas importadas da Itália. Porém, o público do Piazza que está fora das classes A-B tinha dificuldade em arcar com os custos das pizzas desta (excelente) origem.

Assim, foi criado no ZINI LAB um grupo de trabalho técnico visando obter o mesmo resultado (ou parecido) utilizando exclusivamente ingredientes nacionais.

Para tanto, foi usada a farinha integral termolizada FROLLAZIN® como ingrediente que confere maciez à massa da pizza.

Produzida com normal farinha disponível em todos os moinhos, sem particulares características, aliás obtida utilizando exclusivamente grãos nacionais.

Foi testada a proporção de 2/3 de farinha nacional com 1/3 de FROLLAZIN®.

Os resultados obtidos foram julgados bem positivos:

  • A massa bem macia, porém consistente, com bons resultados sensoriais.
  • Diminuição do tempo de cozimento, por ser a massa obtida com o ingrediente FROLLAZIN® Isto é, já sofreu processo de cozimento em elevada temperatura.
  • Enriquecimento do sabor pela presença dos ingredientes (micro e macro) do grão inteiro, que é a matéria prima para obter FROLLAZIN®.
  • Cor agradável, levemente mais escura da massa feita só com farinha, mas absolutamente aceitável sem ter que definí-la como integral, o que poderia criar alguma resistência nos consumidores.
  • Custo absolutamente compatível com as massas para pizza obtidas com farinhas nacionais.

PROVARE PER CREDERE

Dentro da lógica cartesiana, que se aplica até às pizzas, todo resultado deve ser repetido e comprovado na prática.

Portanto, a ZINI BRASIL está disponibilizando seu setor ZINI LAB e seu restaurante-pizzaria demo PIAZZA ZINI para que todos os profissionais que operam neste enorme setor do food service possam verificar com visita presencial, os resultados já obtidos aqui apresentados preliminarmente.

Até utilizando as modernas técnicas de visita “eletrônica”, se pode acompanhar a produção de pizzas com 1/3 de FROLLAZIN® e conversar tematicamente com os operadores e consumidores. Não podendo revelar detalhes de como FROLLAZIN é produzido, fica em aberto convite para esta visita, presencial ou virtual, nos horários oportunos para que o profissional do setor pizza obtenha as informações úteis para uma nova moderna etapa de seu precioso e tradicional trabalho.

Zini Alimentos - Farinha de Rosca para Empanar Lipófoba