A empresa ZINI BRASIL está presente no mercado brasileiro desde 1998 com própria estrutura produtiva. Utilizando equipamentos e linhas automáticas e com especial ênfase às vantagens tecnológicas oferecidas pela turbo tecnologia, ZINI BRASIL é a única empresa italiana que produz e comercializa diretamente nos principais mercados da América do Sul.

A fim de manter o conhecimento e preservar a memória de todos os imigrantes italianos que escolheram viver neste país, a Zini inaugurou recentemente uma exposição de bens, objetos, instalações e documentos que atestam o esforço e criatividade de todos os colonos que queriam transferir para terra brasileira, os hábitos alimentares da sua terra natal.

O “MUSEU DO MACARRÃO” (Museo della Pasta), constitui portanto, além de uma perspectiva alimentar, objetos variados de origem italiana, brasileira ou até argentina, que caracterizaram o período de 1888 à 1960, quando mais de 3 milhões de italianos desembarcaram no fantástico planalto do Brasil.

 

Maquina de Macarrão

Recentemente foi encontrada uma máquina de cappelletti original ZAMBONI de Bolonha, em um estado de conservação quase perfeito. Provavelmente a máquina nunca funcionou.
Não tem nenhum motor elétrico porque a transmissão era, naquela época, uma polia central.
Isto sugere que a capeleteira remonta aos anos 20 ou 30. ZINI BRASIL estabeleceu um contato com ZAMBONI Bologna para tentar descobrir a história desta máquina. Seria maravilhoso reconstruir sua vida.

A máquina foi oferecida ao MUSEU da ZINI por um conhecido reparador de máquinas de capeletes, o Sr. Elpídio, que tentava vendê-la como máquina para ainda ser utilizada. Certamente sua execução mecânica supera muitas cópias artesanais que foram experimentadas no Brasil e Argentina nos últimos anos, porém a máquina não possui condições higiênicas para produção atual.

ZINI BRASIL pretende recuperar este objeto e colocá-lo em funcionamento (sem produzir) para que os visitantes do Museu tenham uma ideia do refinamento mecânico alcançado já no início do século 20, com as máquinas da “pasta” fabricadas na Itália.

Uma importante curiosidade do Brasil é esta possibilidade de reencontrar peças de arqueologia industrial quase intacta. Como por exemplo, aconteceu com o maravilhoso avião SAVOIA MARCHETTI SM 55 (talvez o mais belo avião já construído), protagonista dos vôos acima do Atlântico de Ítalo Balbo e de Francesco de Pinedo. Provavelmente contemporâneo da CAPELETEIRA ZAMBONI.

Abandonado por seu proprietário e esquecido, está em bom estado e restaurado nos detalhe. O único no mundo. Na Itália todos os seus irmãos foram destruídos durante e depois da guerra. Tão bonito e famoso que a Aeronautica Militare Italiana está tentando trazê-lo emprestado para expô-lo na Itália.

O “MUSEU DO MACARRÃO” da ZINI quer ser uma homenagem a toda imigração italiana que trouxe a cultura da massa neste país. Sem esquecer que a maior fábrica de macarrão do mundo se encontra no Ceará: a famosa Fábrica Fortaleza do Grupo M. Dias Branco.